Quem é Ohana Waltrick

Instrutora e terapeuta expert em ThetaHealing® desde 2013, em constante aprimoramento com experiência de milhares de horas em sessões de ThetaHealing® e milhares de vidas tranformadas através do trabalho da Ohana.

 

Tem como propósito facilitar a cura, o empoderamento do ser e a Conexão com sua Essência Sagrada e Divina, auxiliando buscadores no despertar e caminhada espiritual a fim de trazer possibilidades de transformações profundas como indivíduo.

 

Ohana se dedica plenamente a expansão da consciência amorosa e o empoderamento de habilidades natas para que juntos possamos cocriar uma realidade mais consciente e harmônica, elevando a vibração planetária e assim permitindo verdadeiros saltos quânticos como humanidade.
 

Minha história, contada por mim...

Olá,

 

Hoje vim te contar um pouquinho da minha história de como eu pouco a pouco fui despertando e me entregando no caminho do auto conhecimento, da cura e transformação pessoal, pode ser que fique um pouquinho longo vou tratar de resumir.

 

Atualmente me sinto plena realizando e vivendo meu propósito de vida a cada dia, em paz com o passado, contemplando a magia de se estar conectada servindo ao propósito maior ao mesmo tempo que sirvo ao meu próprio processo evolutivo, experimentando o Estado de Graça por ser e estar aqui a cada passo de minha jornada.

 

Mas nem sempre foi assim….

 

Eu tive uma infância eu diria complicada… eu tinha 4 anos quando minha mãe faleceu,  arrebatada por uma doença grave fui morar com minha vó e aos 11 anos meu pai se foi porque decidiu simplesmente desistir dessa dádiva que é viver tirando sua própria vida.

 

Nesse momento, quando perdi meu pai aos meus 11 anos eu recebi um grande pontapé da vida. Eu senti que algo maior me deu um chacoalhão e gritava dentro de mim “DESPERTE JÁ”!

 

“ Desperte para a vida! “

 

Comecei a me questionar coisas fundamentais de uma uma busca mais além por sentido… Qual o sentido da vida? é possível ser feliz realmente? porque estamos aqui? Porque eu estou aqui? a felicidade paz e realização completa são reais?

 

Pela experiência que passei com meu pai e perceber a profundidade do que é desistir da vida criou em mim uma sede enoooorme por viver, por provar para mim mesma para a própria vida em si pra Deus...que era possível e que eu ia encontrar minha felicidade que iria criar uma vida com mais sentido para mim.

 

Mais que nada neste momento eu vi claramente a situação (eu orfã) tinha aí duas opções, me lembro claramente deste momento de consciencia: 1. eu poderia me entregar ao vitimismo e me pendurar emocionalmente em meus familiares sendo a “coitadinha” para sempre, sempre a  mercê de alguém OU

2. eu poderia assumir as rédeas da minha vida 100%, já que eu não tinha mais pai nem mãe que me obrigassem a fazer algo ou que fossem um exemplo, então estava comigo escolher o que Eu queria fazer da vida….

 

e nessa altura eu sentia uma excitação pelo potencial das infinitas possibilidades a minha frente, eu estava só começando.

 

Claramente eu optei largar definitivamente o padrão de vítima e desta experiência fui criando e fortalecendo crenças potencializadoras em mim sem nem saber, assumindo responsabilidade pelo sentido que dou para vida, assumindo responsabilidade pela realidade que eu crio a minha volta… eu tinha uma argila perfeita para moldar em minhas mãos e dá a forma que eu quisesse nela… era uma contagem regressiva para a total “liberdade”

 

Aos 16 anos decidi ir morar sozinha e seguir meu próprio caminho sem mais interferências, na época eu trabalhava em uma cafeteria e cursava o ensino médio era independente em todos os sentidos. Ao final deste mesmo ano eu estava a beira de uma depressão, tinha supostamente tudo o que me daria “liberdade e satisfação” para criar a vida que eu queria pra mim, mas eu estava um caco, chorava todos os dias aos acordar, ao ir dormir, ao ir trabalhar, ao ir pra escola, me questionando novamente o sentido da vida e daquilo tudo.

 

Foi aí que um grande chamado do universo chegou em novembro e uma proposta de ir para buenos aires com uma amiga por uns dias veio como a salvação naquele momento. Eu nunca havia viajado antes além de visitar parentes e muito menos para o exterior, aquilo me motivava muito! e além do mais eu tinha meu dinheirinho guardado para essa viagem.

 

Resumindo, uma viagem para buenos aires que era para ser de dias virou um mochilão de meses por américa do sul sozinha e conhecendo gente no caminho por Argentina, Chile, Bolívia e Peru.

Lembro-me claramente do dia em que identifiquei em mim a plena felilcidade por ser e sentir liberdade...uma  alegira de viver exatamente o que estava vivendo, era um sentimento novo para mim de realização plenitude e completude.

 

Ual, aí tudo mudou, aos 16 anos eu vivi mais um salto quântico em minha vida. Eu passei de ser a menina que sonhava e dizia “ antes de morrer quero ir a MacchuPicchu” para a menina que estava lá em pé contemplando como se houvesse conquistado a montanha peruana, mas na verdade havia consquistado a si mesma… e agora podia afirmar “ tudo que eu acredito é possível, tudo que eu quiser será possível” assumindo todo meu poder pessoal de cocriação da minha realidade.

 

infinitas possibilidades disponíveis... arrepios pelo corpo sorrisos, risadas brotavam naturalmente em meu cotidiano, por ser e estar por presenciar a magia da vida e o que é ser feliz verdadeiramente.

 

Essa sensação hoje consigo identificar como alinhamento, a sensação de estar alinhada vibracionalmente com a essência, com quem se é e seu próprio propósito.

 

Mais para frente iniciei definitivamente minha jornada espiritual, eu havia expandido tanto e voltar para a cidade para a vidinha quadrada era simplesmente IMPOSSÍVEL mas ainda asism aguentei o término da graduação no ensino médio para sair de vez.

 

Eu havia crescido muito e não cabia mais na “caixa” que tinha antes, mesmo sendo uma caixa tão linda que eu havia criado para mim, mas não estava a vida pulsando em mim ali… faltava sentido e coerência com minha essência…deixei tudo para trás literalmente TUDO que havia “conquistado” e sabia que aquilo era o que eu definitivamente não queria mais viver.

 

tudo bem eu nao sabia qual era meu caminho mas eu sabia que aquele lá antigo não era, então eu tava disposta e descobrir mais possibilidades de caminhos e me aventurar até descobrir qual era a minha praia, eu estava aberta para vida, aberta para enxergar mais além dos muros ainda que fosse arriscado…

 

O medo estava presente é claro, insegurança, em me jogar de vez sem nem saber pra onde ir...mas nesse momento eu pensava: “ o que eu tenho a perder? se me permito mudar de idéia e recomeçar se for necessário… o erro pode ser só uma correção da direção do leme, pra onde vou. sigamos em frente mesmo com medo.”

 

Anos se passaram entre muitas viagens, encontros, processos, saltos quânticos, chuva de conhecimento, muita guiança, magia, sincronia, ayahuasca, meditação e experiências transcendentais que me permitiram ir lapidando e descobrindo mais e mais de mim mesma e da existência em si. Amadurecendo interior e espiritualmente.

 

Nas andanças pelo mundo fui me dando conta do quanto precisava ressignificar coisas em mim, identificava padrões super limitantes, sabia que tinha uma lista de karmas para resolver mas sempre ficava uma lacuna por preencher: como faço para curar esses nós da minha alma? ok eu já sabia que tinha, já era responsável por eles mas não sabia como trasnformar!

 

Foi quando chegou o ThetaHealing na minha vida, eu tinha 21 anos na época, assim que me fiz essa pergunta, caiu no meu colo esse presente do universo, uma ferramenta que permite acelerar o processo evolutivo através do trabalho de reprogramação das minhas próprias crenças! Nossa e ainda agregando toda a consciência espiritual de uma maneira aplicável e tangível. U-a-l !!!

 

A partir daí minha vida foi limpar e ligar as turbinas de um foguete chamado propósito dando continuidade ao processo de lapidação interno para estar aqui hoje com vocês, servindo através do meu trabalho que me trás sentido a cada dia e certeza dessa missão que escolhi pra mim como alma antes mesmo de encarnar.

 

Minha história de vida me trouxe até aqui, me preparou para compartilhar minha jornada e assim auxiliar outras pessoas a também se reconectarem com sua essência divina e com seu potencial cocriador.

 

E por isso eu quis compartilhar um pouquinho dela hoje com vocês….

 

Agradeço a cada experiência vivida, a cada vitória e cada enriquecimento da minha alma no caminho do coração.

 

Agradeço tudo em minha vida, agradeço quem fui, quem sou e quem serei. simplesmente agradeço. Com amor,

- Ohana 

  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • Spotify - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza

® Todos os direitos desta página reservados